Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Preço do petróleo inverte rumo e fecha em alta, acima de US$ 120 em NY

SÃO PAULO - Após três pregões consecutivos de queda das cotações, o barril de petróleo voltou a subir nesta jornada, pressionado pela interdição temporária do oleoduto BTC (Baku-Tbilisi-Ceyhan), que leva petróleo do Azerbaijão para o Mediterrâneo. O duto pode ficar por mais de duas semanas parado para reparos.

Valor Online |

O contrato de WTI negociado para o próximo mês em Nova York fechou com alta de US$ 1,44, para US$ 120,02. O vencimento para outubro encerrou a US$ 119,78, com elevação de US$ 1,34. Em Londres o barril de Brent para setembro avançou US$ 0,86, para US$ 117,86. O vencimento apara o mês seguinte fechou a US$ 118,74, com valorização de de US$ 0,64 em relação ao último pregão.

O oleoduto BTC, que distribui a produção da região do Azerbaijão a portos do Mar Mediterrâneo, transporta quantidade significativa de óleo cru, cerca de 850 mil barris a 1 milhão de barris por dia. As preocupações com a oferta do produto acabaram justificando a apreciação do barril hoje, cujos preços chegaram a baixar cerca de 5% só nesta semana.

O oleoduto teve de ser interditado devido a danos causados por um incêndio ocorrido no dia 5 e deve ficar parado para reparos por no mínimo duas semanas, podendo levar cinco semanas para que volte a operar normalmente, segundo informações de agências noticiosas. O trecho afetado, na Turquia, pode ter sido alvo de curdos rebeldes que vivem no sul do país.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: petroleo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG