Tamanho do texto

SÃO PAULO - Os preços do petróleo sobem nesta jornada depois de os Emirados Árabes Unidos anunciarem uma redução da oferta do produto. A Abu Dhabi National Oil Co, principal produtora dos Emirados, comunicar que cortará suas exportações em janeiro e fevereiro após a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) concordar em diminuir sua produção a partir de janeiro. Na quarta-feira, antes do feriado de Natal, o governo americano informou de uma queda de 3,1 milhões de barris nas reservas de cru do país na semana passada no confronto com a antecedente, para 318,2 milhões de barris. Os níveis de gasolina dos EUA subiram 3,3 milhões de barris, somando 207,3 milhões de barris.

As marcas de destilados passaram de 133,5 milhões de barris para 135,3 milhões de barris, um acréscimo de 1,8 milhão de barris na semana do dia 12 para a semana seguinte.

O WTI com entrega em fevereiro aumentava US$ 0,96, saindo a US$ 36,31, na Bolsa de Mercadorias de Nova York (Nymex, na sigla em inglês). O vencimento de março era transacionado a US$ 39,07, elevação de US$ 0,84.

Já contrato de petróleo do tipo Brent para fevereiro avançava US$ 0,70, a US$ 37,31, na praça londrina. O vencimento de março estava a US$ 39,93, com acréscimo de US$ 0,76.

Os mercados ficaram fechados ontem por causa das celebrações de Natal.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.