Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Preço do petróleo declina mais de US$ 6 em Londres

SÃO PAULO - O petróleo é negociado a menos de US$ 80 o barril nesta sexta-feira. A preocupação com a situação econômica internacional e o impacto na demanda pelo produto segue na pauta dos agentes.

Redação com Valor Online |

Acordo Ortográfico

Os investidores receberam hoje novas projeções da Agência Internacional de Energia (AIE), que reduziu suas estimativas referentes ao nível de crescimento da procura por petróleo.

Ontem, em meio à deterioração do ambiente financeiro, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) decidiu marcar para 18 de novembro uma reunião para analisar o quadro do mercado.

Minutos atrás, em Londres, o Brent para novembro era transacionado a US$ 76,09, com baixa de US$ 6,57. O contrato de dezembro estava a US$ 77,40, declínio de US$ 6,56.

Demanda

A Agência Internacional de Energia (AIE) divulgou relatório em que afirma que a demanda mundial por petróleo deve registrar este ano a menor taxa de crescimento desde 1993, subindo 0,5% em 2008, ou 400 mil barris por dia, registrando a menor taxa de crescimento em 15 anos. A demanda total de 2008 deve atingir, em média, 86,51 milhões de barris por dia. Em 2009, a demanda deve subir 0,8%.

China

O órgão manteve as previsões da demanda por petróleo da China, diante das incertezas sobre as importações do produto pelo país após as Olimpíadas. De acordo com a previsão da AIE a demanda chinesa em 2008 deve ser de 8 milhões de barris por dia, alta de 6% em comparação ao mesmo período do ano passado, enquanto para 2009 a demanda será de 8,4 milhões de barris por dia, alta de 5,2%.

Leia mais sobre petróleo

Leia tudo sobre: petroleopetróleo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG