Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Preço do petróleo cai em Londres e NY depois de relatório dos EUA

SÃO PAULO - Os agentes nos mercados de petróleo estudam os números mais recentes referentes às reservas de cru e destilados dos Estados Unidos. O Departamento de Energia do país revelou aumento de 400 mil barris nos níveis de cru na semana passada em meio a expectativas de recomposição de 2,7 milhões de barris.

Valor Online |

Em gasolina, as reservas cresceram em 3,8 milhões ante projeções de acréscimo de 1,4 milhão de barris. As marcas de destilados subiram em 5,6 milhões de barris - agentes previam queda.

Os investidores também estão atentos à reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) no dia 17 na Argélia.

Há instantes em Londres, o Brent para janeiro cedia US$ 0,30, transacionado a US$ 41,23. O contrato de fevereiro baixava US$ 0,18, para US$ 43,87.

Em Nova York, o WTI com entrega em janeiro era negociado a US$ 41,93, com queda de US$ 0,14. O vencimento de fevereiro recuava US$ 0,36, a US$ 44,30.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG