Considerado um dos primeiros vilões na série de alta dos preços de alimentos, o pãozinho deve ficar até 4% mais barato ainda este ano. A previsão é do presidente da Associação Brasileira da Indústria de Trigo (Abitrigo), Sérgio Amaral, para quem os preços só não baixaram porque as medidas adotadas pelo governo, como a desoneração tributária, ainda não surtiram efeito para o consumidor.

Amaral disse que a farinha de trigo já baixou entre 10% e 12%, mas as padarias ainda trabalhavam com estoques.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.