Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Preço do imóvel registra queda de 16,9% anual em grandes cidades dos EUA

Nova York, 29 jul (EFE).- O preço do imóvel nas dez maiores cidades nos Estados Unidos caiu 16,9% nos últimos doze meses, a maior redução anual em 21 anos, segundo o índice Case-Shiller, elaborado e divulgado hoje pela Standard & Poors.

EFE |

Desde que a agência de avaliação de risco começou a elaborar esse índice, em 1987, nunca tinha sido registrada antes uma queda anual tão pronunciada.

Nas 20 principais cidades do país, a queda do preço das casas foi de 15,8% entre maio de 2007 e o mesmo mês de 2008, o que também representa a maior queda desde a ampliação do alcance do índice Case-Shiller, em 2000.

A respeito de abril, os preços caíram 0,9% nas 20 principais cidades e 1% nas dez maiores do país.

Assim, o preço do imóvel acumula 22 meses consecutivos de queda em relação ao mês anterior.

"Desde agosto de 2006, não houve um só mês no qual tenhamos visto aumentos de preços em conjunto", disse, através de um comunicado, o presidente do comitê de índices da Standard & Poor's, David Blitzer.

Blitzer destacou que o chamado "cinturão do sol" dos EUA, com Miami, Tampa, Phoenix, Las Vegas, San Diego e Los Angeles à frente, foi o que protagonizou os grandes "booms" do mercado imobiliário e "agora sofre as maiores quedas" de preços.

Por exemplo, os preços em Las Vegas caíram 28,4% em maio em relação ao mesmo mês do ano anterior, com quedas também em Miami (-28,3%), Phoenix (-26,5%), Los Angeles (-24,5%) e San Diego (-23,2%).

A cidade de Nova York também não foi imune à crise imobiliária, com uma queda anual de 7,9%, enquanto, em Washington, a queda foi de 15,4%.

Além dessas, Charlotte (-0,2%), Dallas (-3,1%) e Denver (-4,8 %) foram as três grandes cidades americanas que registraram uma menor descenso anual do preço do imóvel em maio. EFE bj/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG