Santiago do Chile, 8 abr (EFE).- O preço do cobre subiu 0,2% esta semana e fechou cotado a US$ 3,581 por libra, apesar de um aumento de 1,8% dos estoques, anunciou hoje a Comissão Chilena do Cobre (Cochilco).

Santiago do Chile, 8 abr (EFE).- O preço do cobre subiu 0,2% esta semana e fechou cotado a US$ 3,581 por libra, apesar de um aumento de 1,8% dos estoques, anunciou hoje a Comissão Chilena do Cobre (Cochilco). Com o aumento, os estoques ficaram em 773.200 toneladas, suficientes para abastecer a demanda mundial de cobre durante 2,2 semanas, apontou a Cochilco, em sua análise semanal de mercados. A alta de preço foi estimulada pelo Índice de Atividade Econômica americano correspondente a março e de uma possível retomada das vendas de casas no país, contrastando, em parte, com outros indicadores mais fracos, como uma queda nos créditos de consumo e um aumento nas solicitações de seguros-desemprego. Outra informação que afetou o preço do cobre foi o panorama ruim da Grécia, depois do anúncio de que o país tentearia evitar que o Fundo Monetário Internacional (FMI) participasse do plano de ajuda, com o objetivo de evitar o descontentamento que isso causaria na população. Baseado nas conclusões de uma reunião especializada realizada esta semana no Chile, a Cochilco informou que, no médio prazo, a previsão para o preço do cobre "é promissora". Durante abril, o preço médio foi de US$ 3,577 por libra. EFE ns/pd
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.