Os preços das importações nos Estados Unidos caíram mais que o esperado em setembro, segundo informou hoje o Departamento do Trabalho do país

selo

Os preços das importações nos Estados Unidos caíram mais que o esperado em setembro, segundo informou hoje o Departamento do Trabalho do país. O índice de preços das importações recuou 0,3%, após alta não revisada de 0,6% em agosto. Economistas esperavam queda de 0,1% em setembro. Em comparação com setembro do ano passado, o indicador subiu 3,5% - o menor aumento anual em quase um ano.

O recuo de setembro foi puxado pela queda de 3,1% nos preços de importação do petróleo. Os preços de derivados e do gás natural contribuíram para a queda. Excluindo petróleo, os preços das importações subiram 0,3% em setembro ante agosto. Já os preços de importação de alimentos cresceram 0,8% em setembro ante agosto, o terceiro aumento mensal seguido. Uma alta de 8,4% nos preços do café puxaram o avanço.

Os preços das importações da China diminuíram 0,2%, enquanto os valores das importações do México caíram 0,1%. Já os preços das importações do Japão e da União Europeia subiram 0,1% cada, enquanto o índice de preços das importações do Canadá ficou estável. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.