Pesquisa do Procon mostra que maior variação foi em antiinflamatório

Nova pesquisa da Fundação Procon de São Paulo reforça a importância de pesquisar preços de medicamentos, mesmo os genéricos, antes da compra.

Em levantamento feito em 15 farmácias, envolvendo 52 remédios, foi identificado que os valores das drogas equivalentes podem variar até 523,82%.

Entre os chamados medicamentos referência, os produtos de marca, os preços também oscilam bastante, em até 135,81%. O medicamento genérico que mais variou de preço foi o Diclofenaco de sódico, usado para o combate de dores diversas e inflamação. Já o remédio de marca foi o Gardenal, usado para pacientes psiquiátricos e com epilepsia.

No levantamento anterior, divulgado no mês passado, os preços variaram em até 1.024%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.