O preço da soja subiu ontem na Bolsa de Chicago. O contrato mais negociado, para maio, encerrou o pregão a US$ 8,5350/bushel, em alta de 1,13%.

O mercado teve um dia de acomodação após a forte queda de segunda-feira. A maior estabilidade dos mercados acionários e do dólar, aliada à alta do petróleo, criou condições para que a soja se firmasse. O aperto da oferta no mercado físico americano também deu suporte, mas a previsão de um plantio recorde na próxima safra limitou o potencial de alta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.