BRASÍLIA - As cadernetas de poupança registraram em agosto uma captação líquida de R$ 1,432 bilhão. Dados do Banco Central (BC) apontam que o patrimônio global das cadernetas subiu a R$ 254,671 bilhões no mês passado, ante R$ 251,03 bilhões em julho.

No ano até agosto, a poupança registra fluxo positivo de R$ 7,8 bilhões. Os depósitos totalizaram R$ 686,575 bilhões, mas os saques somaram R$ 778,722 bilhões no período. Os bancos que captam poupança fizeram o aporte de R$ 10,689 bilhões em rendimentos da aplicação em igual intervalo.

Somente no mês passado até o dia 29, os depósitos de poupança atingiram R$ 90,86 bilhões, o menor valor mensal no ano. E as retiradas ficaram em R$ 89,42 bilhões. Em função do aumento no estoque, os rendimentos foram no montante de R$ 1,59 bilhão, o mais elevado no ano.

A poupança rende 0,5% de juros mensais mais a variação da Taxa Referencial (TR), apurada pela autoridade monetária com base numa média ponderada do custo de captação dos bancos com certificados de depósitos bancários (CDBs).

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.