Publicidade
Publicidade - Super banner
Empresas
enhanced by Google
 

CGU criará cadastro positivo de empresas

A Controladoria-Geral da União (CGU) vai instituir um cadastro positivo das empresas que estimulam práticas consideradas éticas. Para integrar o cadastro, as empresas têm que criar comissões de ética internas, aceitar auditorias externas para apurar eventuais irregularidades, estabelecer códigos de conduta e programas de transparência que incluam até mesmo a divulgação de doações políticas efetuadas a partidos e candidatos.

Valor Online |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237561623618&_c_=MiGComponente_C

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortizações) somou R$ 66,037 milhões no 4ºtri09, alta de 168,7% ante o mesmo trimestre do ano anterior, com margem de 10,8% ante 4,8% no 4ºtri08. No ano, o Ebitda ficou em R$ 177,293 milhões, 9,8% menor que em 2008, com margem de 8,1%, dois pontos porcentuais inferior à de 2008.

A receita líquida ajustada cresceu 19,4% para R$ 614,155 milhões na comparação entre quartos trimestres e 12,5% no exercício anual, para R$ 2,180 bilhões.

O resultado financeiro representou uma despesa de R$ 20,6 milhões no 4ºtri09, 29,9% menor que a de R$ 29,4 milhões no 4ºtri08. Em 2009, a despesa financeira líquida cresceu 399% para R$ 93,7 milhões.

De acordo com relatório da administração sobre os resultados, houve recorde histórico em vendas, com 1,778 milhão de unidades, um aumento de 10,9% sobre 2008, e o market share da companhia cresceu para 16,1% no mercado total, 2,5 pontos porcentuais a mais que em 2008.

Leia também:

Leia mais sobre: balanços

Leia tudo sobre: balançoslucropositivo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG