As ações ordinárias da Positivo Informática, que desde segunda-feira aparecem entre as maiores altas ou maiores baixas da Bolsa paulista, se destacam hoje na ponta dos ganhos, com +24,64%, após 2.144 negócios.

No mesmo horário, o Ibovespa subia 0,51%. O giro com a ação estava em pouco menos de R$ 20 milhões, o terceiro maior da praça.

Em mais uma rodada de notícias sobre um potencial movimento de consolidação no setor, o executivo-chefe da Lenovo, Yang Yuanqing, teria dito que a empresa chinesa, apontada como uma das interessadas na Positivo, "ainda busca aquisições estratégicas apesar do enfraquecimento econômico global", conforme o jornal "South China Morning Post".

As ações da fabricante brasileira de computadores pessoais vêm oscilando ao sabor de rumores acerca de uma suposta oferta pela companhia, que teria sido apresentada por uma multinacional de tecnologia de informação. Nas mesas de operação, nomes como Dell e Lenovo circulam como potenciais interessadas.

A Positivo já veio a público negar a existência de quaisquer tratativas neste momento para venda da companhia e a Dell informou ontem que os rumores que envolvem a empresa não passam de "especulações do mercado".

Em dezembro, a Lenovo informou ter desistido de comprar a companhia brasileira em razão da conjuntura econômica. Na época, contudo, a Positivo, em comunicado ao mercado, disse que havia rejeitado oferta de R$ 18 por ação apresentada pela Lenovo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.