As ações ordinárias da Positivo Informática lideram as perdas da Bovespa nesta quinta-feira, em movimento de devolução de parte dos ganhos acumulados em sessões anteriores, diante da notícia de que a companhia recusou oferta de R$ 18,00 por ação apresentada ontem pela chinesa Lenovo. Na véspera, os papéis fecharam em forte queda, de 26,27%, em meio a informações de que a Lenovo teria desistido de prosseguir nas negociações com a fabricante brasileira de computadores.

Há instantes, Positivo ON caía 7,25%, a R$ 7,55, com 311 negócios. Em um mês, o papel exibe alta superior a 45%.

A companhia informou ontem à noite que recusou a proposta da Lenovo, porém seu presidente, Hélio Rotenberg, disse à repórter Michelly Teixeira que a Positivo poderá trabalhar no "estabelecimento de acordos operacionais com outras empresas". A Lenovo, por sua vez, informou que decidiu não fazer uma oferta de compra para a brasileira Positivo Informática neste momento, mas que explora uma aliança estratégica mais ampla com a empresa, segundo a agência Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.