Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

POSCO emite bônus para assegurar operação em mina brasileira

A siderúrgica sul-coreana POSCO, a quarta maior do mundo, anunciou nesta quinta-feira ter captado 50 bilhões de ienes (553 milhões de dólares) para investir na mina de aço brasileira Namisa e na importação de matérias-primas.

AFP |

O dinheiro foi captado por meio da emissão de um bônus exclusivamente formado em ienes japoneses, com vencimento em três anos, adquirido em sua totalidade pela empresa nipônica Sumitomo Mitsui Financial Group.

O dinheiro será usado pela POSCO para concretizar a compra de uma parte da National Mineiros S.A. (Namisa) e para fechar contratos de importação.

A POSCO integra um consórcio de siderúrgicas sul-coreanas e japonesas que, em outubro, fecharam a compra de 40% da Namisa, com o objetivo de assegurar um fornecimento estável de minério de ferro.

O acordo prevê que a POSCO terá 6,48% da mina brasileira, mediante o pagamento de US$ 500 milhões.

sm/fp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG