Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Portuguesa Jet Republic se torna a maior do mundo na aviação executiva

Lisboa, 13 jan (EFE).- O ministro de Transportes português, Mario Lino, afirmou hoje que Portugal se transformou em centro de referência na aeronáutica, durante a apresentação da empresa Jet Republic, de aviões para executivos, que será a maior do mundo.

EFE |

A empresa pretende manter uma frota de 110 aviões para se transformar na maior do mundo neste setor de negócio.

O ministro acrescentou que este tipo de negócio "deve ser apoiado" em um momento tão difícil, devido à crise econômica pela qual passa o mundo.

Lino ressaltou que a Jet Republic gerará cerca de 500 empregos, usará mão-de-obra portuguesa e "pagará seus impostos em Portugal".

Luis Vianna, diretor de operações da companhia, explicou que o primeiro avião de uma frota de 110 Learjet 60 XR chegará em outubro, e que a compra destes aviões representa um investimento de mais de 1 bilhão de euros.

Segundo ele, "encontrar pilotos" não foi difícil, porque já receberam "mais de mil respostas com o histórico de sua experiência de todas as partes do mundo".

Além disso, a empresa pretende abrir "um centro de treinamento com simuladores de tecnologia avançada", ressaltou.

Os principais acionistas da Jet Republic são o Euram Bank, principal banco privado da Áustria, o Grupo Salinas, do México, e capital privado do executivo-chefe da empresa, Jonathan Breeze.

A companhia, com sede em Lisboa, utilizará o modelo Learjet 60 XR da fabricante canadense Bombardier para voar para mais de mil aeroportos de toda a Europa e a dezenas de milhares no resto do mundo. EFE atc/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG