Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Porsche assume controle da Volks em meio à luta entre parentes

Frankfurt (Alemanha), 16 set (EFE).- A Porsche assegurou hoje de fato o controle da Volkswagen em meio a uma luta de poder que, apesar de ter chegado à Comissão Européia (CE), não deixa de ser uma queda-de-braço entre parentes.

EFE |

A Porsche anunciou hoje a compra de um novo pacote de ações da Volks com direito a voto de 4,89%, ampliando com isso para 35,14% sua participação na firma.

"Essa porcentagem assegura à Porsche uma maioria estável na junta de acionistas da Volks", declarou o executivo Wendelin Wiedeking, que representa Wolfgang Porsche.

A próxima junta acontecerá na próxima semana e, de acordo com o acontecido nos últimos dias, se prevê que seja agitada, embora o chefe da Volks e protegido do presidente do conselho de administração, Ferdinand Piëch, tenha convidado ao encontro a chanceler Angela Merkel.

Ferdinand Piëch e Wolgang Porsche são primos irmãos e atuam como cabeças pensantes e executoras de suas respectivas famílias, proprietárias também, embora em medida diferentes, da VW e da Porche.

Portanto, em cumprimento com o código de conduta pactuado entre ambos os clãs, a compra parcial da VW por parte dos Porsche aconteceu com o sinal verde dos Piëch.

A aquisição da VW pela Porsche se transformou em uma corrida de obstáculos pela antipatia de Ferdinand por Wiedeking, disposto a remover as estruturas da empresa que ele liderou durante décadas e ainda controla como presidente do conselho de vigilância.

A execução do pacote acionário adquirido hoje pela Porsche valerá efetivamente em novembro, quando Wiedeking lançará, segundo o estipulado no contrato de aquisição da Volks, uma oferta de aquisição da filial Audi.

Wiedeking assegurou hoje que a Porsche que só comprará os 370 mil títulos da Audi que é obrigado, ou seja, 0,86%.

A Porsche oferecerá o mínimo legal, ou seja, 487 euros por ação, em um desembolso de 170 milhões de euros. EFE cv/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG