Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Por R$ 175 mil, Hyundai Veracruz tem 270 cv e leva até sete pessoas

Mais potente que um Land Rover Discovery V6, maior do que um Porsche Cayenne e mais barato que um VW Touareg. Se a Hyundai repetisse com o Veracruz o mesmo tipo de campanha de vendas do sedã Azera, esse poderia ser o slogan do maior, mais pesado e caro modelo vendido pela marca sul-coreana no Brasil.

Agência Estado |

Predicados não faltam ao utilitário-esportivo. Por R$ 175 mil ele tem motor V6 3.8 a gasolina de 270 cv, 4,84 metros de comprimento e espaço para levar até sete pessoas. Isso sem falar no bom acabamento interno. A versão avaliada trazia detalhes de madeira e bancos de couro cinza.

A melhor posição de dirigir é encontrada facilmente graças aos ajustes dos bancos (elétricos) e volante (manual). Também podem se acomodar bem os passageiros do banco traseiro, que tem regulagens de distância e inclinação.

Na prática

A 80 km/h o motor gira a 1.500 rpm. Aos 120 km/h, a 2.000 rpm. Isto é, o silêncio é uma das características dentro da cabine. Apesar do tamanho e do peso (1.750 kg), o Veracruz se sai bem nas curvas e a suspensão absorve com eficácia as irregularidades do asfalto.

De seis marchas, o câmbio automático seqüencial tem bom funcionamento e não dá trancos. Faltou um modo esportivo de condução para a posição "D" (drive).

A direção hidráulica, leve e precisa, chega a lembrar as de assistência elétrica. O consumo médio apontado pelo computador de bordo foi de 7,5 km/l.

Um detector de obstáculos dianteiro também seria bem-vindo. O traseiro, que não trabalha em conjunto com o sistema de som, não pode ser ouvido se o volume do rádio estiver alto.

A tração 4x4 é acionada por um botão no painel. O comando de abertura do tanque, que fica ao lado do motorista, no meio da porta, é difícil de ser encontrado.

A tampa do porta-malas tem acionamento elétrico - basta pressionar uma tecla para que ela abra ou feche automaticamente. Há, ainda, dez air bags, teto solar e faróis de xenônio, entre outros.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG