Tamanho do texto

A Polônia adotou hoje um pacote de estabilização e desenvolvimento econômico para 2009 e 2010 estimado em 24 bilhões de euros para ajudar o país a enfrentar a crise financeira global, disse o primeiro-ministro Donald Tusk. Ao mesmo tempo, o ministro das Finanças, Jan Rostowski, informou que a previsão de crescimento econômico para 2009 foi reduzida para 3,7%, da estimativa anterior de expansão de 4,8%.

"Este é um programa de estabilização e desenvolvimento, porque a Polônia está na situação de um país que ainda está se desenvolvendo", disse Tusk. "Felizmente, as conseqüências da crise global para a Polônia não são tão graves", acrescentou. As informações são da agência Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.