A Polônia aceitou vender os activos de seus estaleiros em crise de Gdynia (norte) e Szczecin (noroeste) no mais tardar até maio de 2009, com o objetivo de recuperar ajudas públicas que receberam, anunciou a Comissão Européia.

"As autoridades polonesas se comprometeram a vender os ativos dos estaleiros e liquidar as empresas que operam os estaleiros de Gdynia y Szczecin, recuperando por meio deste procedimento as ajudas do Estado", afirma Bruxelas em um comunicado.

Os dois estaleiros são há vários anos o eixo de uma disputa entre Polônia e Comissão Européia, que exigia importantes reestruturações e ameaçava, em caso contrário, exigir o reembolso dos milhões de dolares de ajudas públicas concedidos no passado.

soe/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.