Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Polícia Federal prende 5 por fraude contra o INSS

Cinco pessoas foram presas na manhã de hoje pela Polícia Federal (PF) em Ribeirão Preto, no interior do Estado de São Paulo, durante a operação 24 de Janeiro, com o objetivo de desmontar um esquema de fraudes contra a Previdência Social que, segundo estimativa da PF, já causou um prejuízo de mais de R$ 1 milhão aos cofres públicos. Entre os presos, está um servidor do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Agência Estado |

A Operação "24 de Janeiro" (Dia do Aposentado) conta com a participação de 30 policiais federais, em conjunto com o INSS, que cumprem cinco mandados de prisão temporária e sete mandados de busca e apreensão.

De acordo com as investigações da PF, a quadrilha se beneficiava de concessões de benefício do auxílio-doença a pessoas que não poderiam recebê-lo porque, tendo deixado de contribuir para a Previdência há anos, perderam a qualidade de segurado.

Para receber o dinheiro, os criminosos ou acompanhavam o beneficiário até o banco e recebiam parte do dinheiro ou somente o beneficiário recebia o benefício e depois repassava à quadrilha uma parte.

Em alguns casos, o cartão de pagamento do benefício do INSS ficava com os integrantes da quadrilha que recebia o benefício diretamente no banco, rateando-o entre os membros da quadrilha, cabendo ao servidor do INSS a maior parte.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG