Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Polícia Federal faz operação no Rio e prende candidata a vereadora

RIO - Agentes da Polícia Federal (PF) do Rio realizam desde a madrugada de hoje uma operação na zona oeste da cidade para cumprir 21 mandados de prisão expedidos pela Justiça Eleitoral com base em inquérito que aponta a participação de milícias em crimes eleitorais.

Valor Online |

Logo cedo, os agentes da Delegacia de Defesa Institucional da PF prenderam Carminha Jerominho, filha do vereador Jerominho, que está preso acusado de chefiar um grupo de milicianos. Candidata a vereadora, Carminha foi detida em sua casa, em um condomínio em Campo Grande, na zona oeste da cidade, e não resistiu à prisão.

Na Barra da Tijuca, também na zona oeste, os policiais federais prenderam em casa Guilherme Bernardelli, que também faria parte do grupo denominado Liga da Justiça, comandado por Jerominho e seu irmão, o ex-deputado estadual Natalino Guimarães. O parlamentar foi cassado pelo plenário da Assembléia Legislativa do estado e está preso.

A Polícia Federal dará uma entrevista coletiva ainda hoje na sede da superintendência da instituição, na Praça Mauá, para detalhar a operação.

(Agência Brasil)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG