Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Poço do pré-sal inicia produção dia 12

A Petrobras deve iniciar na próxima semana a produção do primeiro poço de petróleo abaixo da camada de sal, no Campo de Jubarte, norte da Bacia de Campos. O primeiro óleo do pré-sal está previsto para sair no dia 12, segundo fontes envolvidas no projeto, e será extraído pela plataforma P-34, já instalada.

Agência Estado |

No início de setembro, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve visitar a embarcação, em cerimônia para comemorar o feito.

Jubarte está em produção desde o fim de 2002, mas pesquisas recentes feitas pela Petrobras encontraram uma jazida de petróleo de boa qualidade abaixo da camada de sal. Para agilizar a produção, a companhia decidiu conectar o poço descobridor à P-34, que passou por adaptações para receber óleo leve - o petróleo que está acima do sal em Jubarte é do tipo pesado, que tem menor valor comercial por produzir menos combustíveis considerados nobres, como diesel e querosene de aviação.

A adaptação da P-34, que está em Jubarte desde 2006, já foi concluída e a conexão do poço deve ocorrer nos próximos dias. O início da produção no pré-sal na região vai ajudar a Petrobrasa entender o funcionamento dos reservatórios, em um teste para o desenvolvimento dos campos gigantes descobertos na Bacia de Santos - como Tupi, que tem reservas estimadas em até 8 bilhões de barris.

A P-34 tem capacidade para produzir 60 mil barris de petróleo por dia, mas o poço do pré-sal deve extrair entre 10 mil e 15 mil barris por dia. O projeto de desenvolvimento de Jubarte prevê ainda a instalação de uma segunda plataforma, a P-57, com capacidade para 180 mil barris por dia. A unidade, já em fase de licitações, deve iniciar as operações em 2011.

O campo de Jubarte faz parte de uma província petrolífera batizada pela estatal de Parque das Baleias, que fica em frente ao litoral sul do Espírito Santo. Descoberta em 2002, a área tinha, na época, reservas estimadas em 1 bilhão de barris de óleo equivalente (somado ao gás). Recentemente, a Petrobras redirecionou o trabalho exploratório na área, com o objetivo de comprovar a existência de reservas abaixo do sal.

Vizinho a Jubarte, o Campo de Cachalote entra em operação em outubro, também com a produção de reservas do pré-sal. Segundo a estatal, a produção será feita, inicialmente, pelo navio-plataforma Seillean, usado para testar projetos novos antes da chegada de plataformas definitivas.

O projeto de desenvolvimento de Cachalote prevê a instalação de duas novas unidades no local: o FPSO Capixaba, em 2010; e a P-58, em 2015. As duas embarcações têm capacidade para produzir 100 mil barris por dia, cada.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG