Tamanho do texto

São Paulo, 23 - Cerca de 700 bovinos puros da raça nelore e 300 da raça brahman, criados na Fazenda Brumado, serão leiloados a partir de maio. Esses animais formam o plantel do pecuarista Rubens de Andrade Carvalho, mais conhecido como Rubico de Carvalho, morto em julho do ano passado, aos 92 anos.

Em encontro com a imprensa realizado nesta manhã, a família Carvalho anunciou a decisão de liquidar a totalidade do plantel da Fazenda Brumado, em Barretos (SP). Trata-se do maior banco genético de nelore Puro de Origem Importada do mundo, afirmaram Tonico de Carvalho e Rubiquinho de Carvalho, filhos de Rubico.

A família de Rubico de Carvalho foi pioneira na importação de gado nelore de alta qualidade da Índia, na década de 60, o que possibilitou um salto genético na pecuária brasileira. "Fizemos a maior pecuária do mundo com boi indiano e pasto africano", observou Tonico.

Segundo ele, a decisão de liquidar o plantel não está relacionada a problemas de rentabilidade ou ausência de um membro da família disposto a tocar o negócio. "Essa decisão facilita uma divisão de bens e preserva a unidade da família", disse.

Ele afirmou que o gado que vai a leilão pertencia apenas ao seu pai e que os filhos, que também são pecuaristas, manterão as suas atividades, dando continuidade ao trabalho de Rubico. "Todos somos pecuaristas e temos o nosso rebanho com origem da Fazenda Brumado", disse Tonico, um dos seis filhos de Rubico. De acordo com ele, a marca Brumado será mantida pela família.

Todos os animais leiloados são puros de origem, ou seja, não são comerciais. O primeiro leilão será realizado em 6 de maio, no qual a família pretende vender 100 cabeças de matrizes brahman. Em 16, 17, 18 e 19 de julho, acontece a etapa nelore do leilão.

Em 19 de setembro, um outro leilão de nelore deve acontecer, mas a família ainda pretende promover novas etapas de liquidação entre julho e setembro, com datas ainda a definir. Os leilões estão previstos para ocorrer em Uberaba (MG).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.