O presidente Luiz Inácio Lula da Silva solicitou em setembro que seus ministros elaborassem um Plano Nacional de Banda Larga. Desde então, houve várias reuniões para tratar do assunto, com sucessivos adiamentos.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva solicitou em setembro que seus ministros elaborassem um Plano Nacional de Banda Larga. Desde então, houve várias reuniões para tratar do assunto, com sucessivos adiamentos. Em abril, a Oi apresentou uma proposta para se tornar o principal instrumento de universalização da banda larga no País, sob o argumento de que 49% de seu capital, direta ou indiretamente, pertence ao governo. A empresa teria pedido R$ 27 bilhões em incentivos. Outras operadoras criticaram a proposta. A Sky, empresa de TV paga via satélite, afirmou que conseguiria cobrir todo o Brasil com banda larga sem fio com um investimento de R$ 15 bilhões. <i>As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.</i>

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.