Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Plano econômico de Obama pode passar de US$ 1 trilhão

O plano de estímulo da economia americana, apresentado pelo presidente Barack Obama, poderá custar mais de 1 trilhão de dólares, se considerados os custos dos juros, informou o organismo responsável pelo Orçamento no Congresso (CBO, sigla em inglês), nesta terça-feira.

AFP |

 

De acordo com o órgão, os custos dos juros elevariam a cifra em cerca de 347 bilhões de dólares, entre 2009 e 2019, como resultado da adoção do plano.

Com isso, o montante de 825 bilhões de dólares custaria, na realidade, 1,17 trilhão de dólares.

O diretor do CBO, Douglas Elmendorf, respondeu por escrito a um pedido do congressista republicano Paul Ryan, da Comissão de Orçamento da Câmara de Representantes.

"A CBO estima que os juros dos custos do governo aumentariam em 700 bilhões de dólares no ano fiscal e em um total de 347 bilhões de dólares no período 2009-2019", se o plano for posto em prática, escreveu Elmendorf.

emp/tt

Leia tudo sobre: obama

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG