Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Plano dos EUA para ativos ruins de bancos pode sair logo, diz jornal

SÃO PAULO - A administração Barack Obama está perto da decisão sobre um plano para comprar ativos ilíquidos de bancos, conforme fontes consultadas pela rede CNBC. O plano pode ser apresentado no início da próxima semana.

Valor Online |

O chamado plano "banco ruim" pode lidar com o principal problema de como dar preço a ativos usando um mecanismo de modelagem de preço.

O modelo levaria em conta a capacidade de o governo deter os ativos, até a maturidade deles, e pagá-los com financiamento barato. O resultado disso é que o governo poderia pagar mais do que o preço atual de mercado pelos títulos.

Se o governo pagar menos do valor que o ativo está registrado pelo banco, a instituição pode emitir ação ordinária para o governo.

Nos acordos anteriores do Programa de Alívio de Ativos Problemáticos (TARP, na sigla em inglês), os bancos emitiram ações preferenciais para o governo federal, recordou a matéria da CNBC. As fontes consultadas disseram que cresce entre os círculos do governo a impressão que a ação preferencial não é suficiente para tornar os bancos saudáveis.

Ontem, o presidente do Comitê de Assuntos Bancários do Senado dos Estados Unidos, Chris Dodd, disse que estava ciente de que a administração Obama discutia a idéia de criar um "banco ruim" para lidar com ativos tóxicos (ilíquidos ou de desempenho ruim). Para ele a idéia faz sentido, mas acrescentou que não tinha ouvido detalhes específicos de como seria colocada em prática.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG