Os Ministros das Finanças da zona do euro anunciaram hoje detalhes de um plano de assistência financeira para a Grécia, e garantiram €30 bilhões para o país no primeiro ano do programa. <p><p>O governo grego pagará juros anuais de aproximadamente 5%, por um empréstimo de três anos, de acordo com o comissário europeu para Assuntos Econômicos e Monetários, Olli Rehn.

Os Ministros das Finanças da zona do euro anunciaram hoje detalhes de um plano de assistência financeira para a Grécia, e garantiram €30 bilhões para o país no primeiro ano do programa. <p><p>O governo grego pagará juros anuais de aproximadamente 5%, por um empréstimo de três anos, de acordo com o comissário europeu para Assuntos Econômicos e Monetários, Olli Rehn.<p><p>Rehn acrescentou que oficias da Comissão Europeia, do Banco Central Europeu e do Fundo Monetário Internacional (FMI) vão se encontrar em Bruxelas na segunda-feira para discutir o papel do FMI em pacotes para a Grécia. O comissário explicou que a ideia é que a zona do euro forneça dois terços do dinheiro, e o Fundo o resto.<p><p>Os 16 ministros da zona do euro, porém, não entraram em detalhes sobre como e quando os recursos estarão disponíveis.<p><p>A iniciativa vem depois que os spreads entre a taxa dos bônus gregos e alemães subiram para novos recordes na semana passada, devido a temores de um calote. "Estamos preparando os detalhes do mecanismo que vamos usar, caso a Grécia peça ajuda," afirmou o primeiro-ministro de Luxemburgo, Jean-Claude Juncker. "Este é o esclarecimento que os mercados estavam esperando, pois mostra que existe dinheiro atrás da proposta," disse. As informações são da Dow Jones.
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.