Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Planejamento e ensaio: Segredos das apresentações de Steve Jobs

Fundador da Apple era referência em apresentações públicas

iG São Paulo |

Além de ser considerado um visionário do mundo da tecnologia, Steve Jobs também era referência quando o assunto era apresentações corporativas. Carismático, seguro e confiante, Jobs sabia como poucos cativar plateias em suas apresentações.

Getty Images
Jobs: orador carismático

No livro "Faça como Steve Jobs – E realize apresentações incríveis em qualquer situação", o autor Carmine Gallo aborda as técnicas usadas por Jobs para cativar as plateias. Segundo Gallo, quatro dicas são fundamentais para criar apresentações tão cativantes quanto as de Jobs.

A primeira é planejar a apresentação antes de abrir o programa de computador. Segundo Gallo, Jobs começava a planejar suas apresentações com papel e caneta e se envolvia completamente em todos os elementos da apresentação, como escolha de imagens, ordem dos slides e iluminação do palco.

A segunda dica dada por Gallo é evitar as listas de itens (bullet points). Segundo o autor, o próprio PowerPoint estimula o usuário a incluir listas em suas apresentações, já que o recurso fica em local privilegiado da tela e já é incluído em muitos modelos. Mas essa não é a melhor forma de passar informação. "Apresentações com ênfase no visual inspiram o público, mas exigem muito trabalho para serem criadas", diz Gallo no livro. O autor recomenda o uso de imagens de impacto e pouco texto nos slides.

A terceira dica é praticar, e muito, antes de cada apresentação. Segundo Gallo, Jobs praticava suas apresentações por horas, até que o encadeamento das frases se tornasse absolutamente natural e, ao mesmo tempo, incisivo.

A quarta dica é manter o suspense até o final. "Jobs sempre deixava a plateia em suspense até o fim das apresentações. Antes de encerrar as palestras, ele frequentemente usava a frase ´one more thing´ (mais uma coisa) para terminar o evento com um anúncio de impacto", explica Gallo no livro.

- Leia todas as notícias sobre a morte de Steve Jobs

- Lojas da Apple ficam de luto após morte do executivo

- Análise: Steve Jobs, o inventor das coisas que você não sabia que precisava

- A Apple sem Steve Jobs: e agora?

- Biógrafo diz ao iG como aprender com as inovações de Steve Jobs

- O mundo lamenta a morte de Steve Jobs

Leia tudo sobre: steve jobsapple

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG