Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Pitta fazia saques semanais de dólares em mercado informal de Naji Nahas, diz PF

SÃO PAULO - O ex-prefeito de São Paulo, Celso Pitta, realizava saques semanais de dólares com o investidor Naji Nahas, acusado pela Polícia Federal (PF) de manter um mercado informal de câmbio. Os dois foram presos hoje durante a operação Satiagraha, deflagrada nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador, além de Brasília.

Valor Online |

O delegado da PF Protógenes Queiroz, responsável pela operação, disse hoje que há a suspeita de que os recursos sacados por Pitta possam ser os mesmos que o ex-prefeito foi acusado de ter desviado dos cofres públicos durante sua gestão. No entanto, a PF ainda não tem convicção sobre isso.

Não dá para afirmar, neste momento, que esses recursos que identificamos que ele recebe aqui no Brasil, em espécie, seriam advindos de desvios de recursos de quando ele era prefeito. Mas seguramente ele não tem nenhuma atividade hoje que justifique o recebimento desses valores da forma como ele recebia, explicou o delegado.

O policial, entretanto, preferiu não revelar os valores que vinham sendo sacados pelo prefeito, que está preso desde a manhã de hoje na sede da PF em São Paulo.

(Murillo Camarotto | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG