Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Pioneer vai demitir 10.000 em todo o mundo

O grupo japonês de eletrônica Pioneer anunciou nesta quinta-feira que demitirá 10.000 funcionários em todo o planeta, incluindo 4.000 contratos de trabalho temporários, em uma tentativa de restaurar a rentabilidade, abalada pela crise econômica mundial.

AFP |

A empresa anunciou ainda uma previsão de prejuízo líquido recorde de 130 bilhõesd de ienes (1,42 bilhão de dólares) no ano fiscal 2008-2009, que termina em março.

Somente no terceiro trimestre do ano fiscal, a Pioneer registrou prejuízo líquido de 26,15 bilhões de jenes (281 milhões de dólares), contra um lucro líquido de 1,7 bilhão de ienes no mesmo período no ano anterior.

O grupo anunciou que vai realizar "reestruturações drásticas" na divisão de eletrônica para o grande público e se transformará em uma empresa especializada em produtos eletrônicos para automóveis. A empresa planeja, em particular, deixar completamente o mercado de televisores antes de março de 2010.

As medidas se traduzirão em 6.000 demissões em todo o mundo, além da não renovação de 4.000 contratos de trabalho temporários, explicou a Pionner em um comunicado.

hih-roc/fp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG