Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Pilotos americanos teriam batido recorde ao dar volta ao mundo em helicóptero

Washington, 18 ago (EFE) - Dois pilotos americanos, Scott Kasprowicz e Steve Sheik, que deram a volta ao mundo em helicóptero, afirmaram hoje ao voltar a Nova York que bateram o recorde de tentativas anteriores. Os dois pilotos aterrissaram hoje no aeroporto nova-iorquino de LaGuardia após terem dado a volta ao mundo em seis dias menos que as tentativas anteriores, segundo os patrocinadores e fabricantes do helicóptero. Sob o lema A grande aventura, Kasprowicz e Sheik conseguiram dar a volta ao mundo em 11 dias, 7 horas e 1 minuto. A marca foi fornecida à Associação Nacional de Aeronáutica, um grupo sem fins lucrativos que supervisiona e certifica recordes de aviação nos Estados Unidos para que a verifique, processo que durará aproximadamente um dia. A viagem, de 37.015 quilômetros, foi feita por Kasprowicz e Sheik em uma versão do helicóptero 109 Grand, construído pela AgustaWestland, uma unidade da companhia italiana Finmeccanica.

EFE |

O helicóptero foi adaptado às necessidades dos dois aventureiros, mas não modificado especialmente para a viagem.

O recorde anterior foi estabelecido em 1996 por Ron Bower e o co-piloto John Williams, que deram a volta ao mundo a bordo de um Bell 430 em 17 dias, 6 horas, 14 minutos e 25 segundos.

Bower e Williams partiram do Reino Unido, mas ambas as equipes voaram por uma rota similar.

Kasprowicz e Sheik saíram de Nova York, sobrevoaram o Atlântico Norte, passaram por Groenlândia, Ilhas Faroe e depois cruzaram o Reino Unido em direção à Europa Ocidental, Rússia e, por último, ao estreito de Bering até o Alasca, antes de retornar ao ponto de partida. EFE cae/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG