Seul, 24 out (EFE).- O Produto Interno Bruto (PIB) sul-coreano cresceu 3,9% no terceiro trimestre em relação ao mesmo período do ano anterior, seu nível mais baixo desde o segundo trimestre de 2005, informou hoje o Banco Central da Coréia do Sul.

Além disso, o PIB sul-coreano cresceu 0,6% entre julho e setembro, em comparação com o aumento de 0,8% registrado no segundo trimestre.

O baixo crescimento econômico na Coréia do Sul se deve sobretudo à queda das manufaturas, que subiram 0,4% entre julho e setembro, em comparação com o trimestre anterior.

O setor de serviços registrou um baixo crescimento de 0,2% em relação ao segundo trimestre, afetado pela recessão no setor imobiliário e financeiro.

O diretor-geral do departamento de estatística econômica do Banco Central sul-coreano, Choi Chun-sin, indicou que a crise financeira internacional teve uma repercussão maior do que a prevista no mercado local, agravando o arrefecimento no consumo doméstico, o investimento e a exportação.

Choi acredita que a previsão anual do PIB do país será inferior aos 4,6% estimados inicialmente pelo Banco Central. EFE ce/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.