Tamanho do texto

Nos três primeiros meses do ano, expansão da economia havia sido de 3,7%

A economia dos Estados Unidos reduziu o ritmo de crescimento entre o primeiro e o segundo trimestre do ano. Dados divulgados nesta sexta-feira pelo Departamento de Comércio local mostram que o Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 2,4% entre abril e junho, contra 3,7% dos três meses imediatamente anteriores. Os números vieram abaixo do esperado por analistas, que previam expansão de 2,5% do PIB no trimestre.

O resultado do primeiro trimestre deste ano foi revisado em alta para mostrar que a economia cresceu 3,7%, em vez dos 2,7% informados anteriormente. No entanto, todas as estimativas para o crescimento da economia dos EUA desde o início de 2007 foram revisadas para baixo.

Os gastos dos consumidores norte-americanos - um motor fundamental para a economia dos EUA, responsável por mais de dois terços da economia do país - tiveram uma contribuição menor no segundo trimestre. O gasto dos consumidores subiram 1,6% no período, depois de terem crescido 1,9% nos três primeiros meses deste ano. Já o gasto das empresas com equipamentos e software continuou crescendo e apresentou alta de 21,9% no segundo trimestre, em comparação com o aumento de 20,4% registrado no primeiro trimestre.

A necessidade de investimento de capital das empresas faz as importações crescerem no maior ritmo desde o primeiro trimestre de 1984, mostrou um relatório oficial desta sexta-feira. O investimento das empresas, por sua vez, cresceu na maior taxa desde 1997.

"A desaceleração do PIB no segundo trimestre refletiu sobretudo a aceleração das importações e uma desaceleração no investimento em estoques privados, que foram parcialmente compensados pelo aumento do investimento residencial fixo, pela acelação do investimento fixo não residencial e pela elevação dos gastos do governo", informou o Departamento do Comércio.

Trata-se da primeira prévia do PIB divulgada pelo governo norte-americano. Os números ainda passarão por outras duas revisões. A primeira delas será anunciada no próximo dia 27 de agosto.

(Com agências)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.