México, 20 nov (EFE).- O Produto Interno Bruto (PIB) do México caiu 6,2% no terceiro trimestre de 2009 em relação ao mesmo período do ano anterior, informou hoje o Instituto Nacional de Estatística, Geografia e Informática do país (Inegi).

Além disso, o instituto divulgou que o PIB teve um aumento de 2,93%, incluindo os ajustes sazonais, em relação aos três meses anteriores. A queda acumulada nos nove primeiros meses do ano, segundo o Inegi, foi de 8,1%.

O presidente do México, Felipe Calderón, explicou recentemente que esse aumento no PIB trimestral é um sinal de que a recessão "já foi superada", e que a economia retomou o crescimento.

Na comparação com o período entre julho e setembro de 2008, o Inegi apontou queda de 1,1% no PIB das atividades primárias (agricultura e pecuária, por exemplo), enquanto o do setor de serviços recuou 6,5%. As atividades secundárias (indústria e mineração, entre outros) tiveram queda percentual próxima, de 6,6%.

EFE.

jrm/id

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.