O Produto Interno Bruto (PIB) dos 16 países que compõem a zona do euro cresceu 0,2% em base trimestral e 0,6% em base anual

A economia da zona do euro cresceu levemente acima do esperado no primeiro trimestre e no quarto trimestre, mas a expansão foi provocada por recomposição dos estoques, enquanto a demanda doméstica continuou fraca.

O Produto Interno Bruto (PIB) dos 16 países que compõem a zona do euro cresceu 0,2% em base trimestral e 0,6% em base anual, a primeira expansão em termos anuais em seis trimestre, informou o escritório de estatísticas da União Europeia, Eurostat, na segunda revisão do dado.

Economistas não esperavam mudança em relação ao dado preliminar, que mostrou expansão trimestral de 0,2% da economia em comparação ao quarto trimestre e de 0,5% em relação ao primeiro trimestre do ano passado. No quarto trimestre, o crescimento foi revisado para 0,1% em base trimestral, de estabilidade; em base anual, o PIB foi revisado para contração de 2,1%, de queda de 2,2%. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.