Tamanho do texto

O Produto Interno Bruto (PIB) da Alemanha apresentou, no quarto trimestre do ano passado, sua maior queda desde o primeiro trimestre de 1987, pressionado pela forte redução das exportações e dos investimentos em maquinário. O PIB alemão declinou 2,1% em relação ao terceiro trimestre, de acordo com os dados divulgados pelo Escritório Federal de Estatísticas, já ajustados aos efeitos sazonais e do calendário.

Na comparação com o quarto trimestre de 2007, o recuo foi de 1,7%.

A queda foi maior do que previam os economistas, que apontavam para uma contração de 1,8% em relação ao trimestre anterior. Foi a terceira baixa consecutiva: o PIB da Alemanha já havia declinado 0,5% em cada um dos dois trimestres anteriores. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.