Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

PIB alemão cai pelo 2º trimestre e país entra em recessão

Berlim - O Produto Interno Bruto (PIB) da Alemanha registrou no terceiro trimestre de 2008 um retrocesso em relação ao segundo de 0,5%, a segunda baixa consecutiva este ano.

EFE |

 

No segundo trimestre do ano, a economia alemã teve um retrocesso de 0,4%, enquanto no primeiro, o PIB subiu 1,4%.

O Escritório Federal de Estatística, com sede em Wiesbaden, informou hoje que a baixa do PIB se deve fundamentalmente ao retrocesso da atividade econômica nos meses de julho a setembro.

Considerada como um sinal de recessão, segundo a avaliação de alguns economistas que usam esse termo quando o retrocesso econômico acontece em dois trimestres consecutivos, a baixa do PIB alemão teve sua origem na queda das exportações e na redução da demanda interna.

O Escritório Federal de Estatística ressaltou que as exportações, o principal motor da economia alemã, sofreram uma queda nos meses do verão europeu e, como as importações registraram de forma simultânea uma alta significativa, as vendas no exterior não contribuíram suficientemente para o crescimento.

Apesar de tudo, os analistas de Wiesbaden registraram alguns impulsos positivos relevantes, como uma leve alta do consumo público e privado, enquanto as empresas aproveitaram para armazenar matéria-prima.

Leia também

 

Para saber mais

 

Serviço 

 

Opinião

 

Leia mais sobre: recessão

Leia tudo sobre: recessão

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG