Tamanho do texto

O grupo farmacêutico americano Pfizer informou nesta quinta-feira sobre os resultados positivos de um estudo de fase 3 sobre uma nova indicação de sua molécula Sutent para o tratamento de tumores neuroendócrinos do pâncreas.

O estudo mostrou uma taxa mais elevada de sobrevivência entre os pacientes tratados com Sutent em relaçao àqueles que receberam placebo ou cuidados paliativos.

Os tumuros neuroendócrinos do pâncreas são uma enfermidade rara, reconheceu o grupo, já que sua incidência é de 5 a 10 casos por anos por um milhão de pessoas.

O Sutent já foi autorizado para duas indicações no tratamento de câncer de rins e de intestino.

fga/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.