A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quarta-feira, a Operação Corvo, com o objetivo de combater fraudes no INSS na cidade de Coromandel, localizada no Triângulo Mineiro. A ação conta com a participação do Ministério da Previdência Social e envolve 30 policiais federais e auditores do INSS.

A operação cumpre três mandados de busca e apreensão na agência do INSS da cidade e na fazenda de uma servidora do instituto.

Segundo a PF, a fraude consistia em pagar benefícios a operários urbanos que se apresentavam como trabalhadores rurais. Há casos de benefícios irregulares pagos a funcionários públicos e empresários.

A polícia suspeita que há mais de 700 benefícios fraudados e que o montante desviado possa chegar a R$10 milhões. As investigações começaram há cerca de seis meses.

Leia mais sobre Polícia Federal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.