Tamanho do texto

PARIS - O grupo automobilístico francês PSA Peugeot Citroen anunciou nesta quinta-feira o corte de 2.700 postos de trabalho em um programa de demissões voluntárias, em todas as fábricas e áreas administrativas da empresa.

A empresa informa que examinará o plano de deslocamento de empregos em uma reunião extraordinária no dia 2 de dezembro. O plano afetará várias categorias: operários, técnicos, funcionários administrativos e executivos.

A PSA também prevê deslocar 900 operários de sua unidade em Rennes, noroeste da França, para outras fábricas do grupo.



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.