O presidente da Petrobras Distribuidora, José Lima de Andrade Neto, afirmou hoje que o novo nome da companhia que inicialmente estava sendo chamada de Petro-Sal será Pré-Sal S.A.

O presidente da Petrobras Distribuidora, José Lima de Andrade Neto, afirmou hoje que o novo nome da companhia que inicialmente estava sendo chamada de Petro-Sal será Pré-Sal S.A. O executivo participa neste momento do seminário "Os reflexos da descoberta do Pré-sal no desenvolvimento do Nordeste", realizado em Alagoas, que visa apresentar detalhes do projeto de exploração aos Estados da região. O evento, que se estende até o início da noite de hoje, contará ainda com a presença do presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli; do diretor de Exploração e Produção, Guilherme Estrella; e do diretor financeiro, Almir Guilherme Barbassa.<p><p>Na abertura do evento, o ministro de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, destacou que os investimentos na geração de energia no País, principalmente na produção do petróleo, são crescentes. "Quando a projeção de investimentos necessários para o período de 2008 a 2017 foi elaborada, a necessidade apontava para US$ 352 bilhões na área de energia, sendo que somente a área de petróleo demandava US$ 246 bilhões. Hoje, provavelmente, esse número já está sendo revisado", disse o ministro.<p><p>O Plano Decenal de Expansão de Energia 2008-2017, desenvolvido pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE), previa crescimento de 5,5% ao ano no consumo de energia no período. A projeção da EPE era de que o volume total de energia consumida no Brasil passaria de 402,6 terawatt-hora (Twh) em 2007 para 706,4 Twh em 2017, tendo como base a previsão de crescimento médio do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro no período de 5% ao ano.
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.