Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petrolífera italiana instalará duto na bacia de Santos

ROMA - A petrolífera italiana Saipem firmou contrato para exploração offshore (em alto mar) no Brasil, informou a companhia nesta terça-feira, em comunicado oficial.

EFE |

Além do Brasil, a empresa fechou dois outros contratos, com Venezuela e Azerbaijão, por um valor total aproximado de US$ 1,1 bilhão (883 milhões de euros).

No Brasil, a petrolífera italiana fechou contrato para a construção do gasoduto Uruguá-Mexilhão, na bacia de Santos.

A Saipem fará o transporte, a instalação e os testes de um duto de 174 quilômetros que ligará a plataforma FPSO de Santos, situada no bloco de prospecção BS-500, a 1.372 metros de profundidade, à plataforma de gás, 172 metros sob o nível do mar no campo de Uruguá.

Na Venezuela, a Saipem transportará e instalará um gasoduto de 115 quilômetros que conectará a plataforma situada na jazida Dragão ao complexo industrial Cigma, da petrolífera estatal Petróleos de Venezuela (PDVSA), situado no litoral nordeste do país.

A petrolífera italiana espera finalizar os trabalhos no Brasil no final de março de 2010, enquanto que na Venezuela ela prevê completar as obras antes de 2009.

No Azerbaijão, a Saipem chegou a um acordo com a companhia petrolífera BP Exploration para prestar serviços submarinos de manutenção.

A Saipem, controlada em 43% pela companhia petrolífera italiana Eni, prestase serviços de engenharia e construção da indústria petrolífera.

Leia tudo sobre: petrolífera

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG