Nova York, 26 ago (EFE).- Os contratos para outubro do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve), os de referência nos Estados Unidos, fecharam hoje com uma alta de US$ 1,16 (1%) em Nova York, cotados a US$ 116,27 o barril.

Por sua vez, os contratos da gasolina para entrega em setembro subiram US$ 0,08, para US$ 2,9697 o galão (3,78 litros) Já os contratos do gasóleo de calefação para o mesmo mês encerraram o dia negociados a US$ 3,2099 o galão, depois de terem subido mais de US$ 0,05.

Quanto ao gás natural, os contratos também para setembro subiram US$ 0,45, para US$ 8,27 por mil pés cúbicos.

A alta nos preços dos combustíveis e do petróleo esteve relacionada à preocupação com o furacão "Gustav", que, com ventos máximos constantes de 150 km/h, atingiu hoje o Haiti.

O "Gustav", terceiro ciclone da atual temporada de furacões no Atlântico, se movimenta em direção oeste-noroeste, e amanhã pode chegar a Cuba.

Rebeca Waddington, meteorologista do Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, disse hoje que ainda é cedo para dizer se o "Gustav" atingirá os Estados Unidos, mas destacou que parte do estado da Flórida pode ficar em seu caminho.

Outro fator que contribuiu para a valorização do WTI foi a decisão da Rússia de reconhecer a independência da Abkházia e da Ossétia do Sul, regiões separatistas da Geórgia, o que fez aumentar a tensão na região e provocou críticas de vários países do Ocidente.

EFE mgl/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.