Nova York, 29 dez (EFE).- Os contratos para fevereiro do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve), os de referência nos Estados Unidos, fecharam hoje com uma alta de US$ 2,31 (6,1%) em Nova York, cotados a US$ 40,02 o barril (159 litros).

Já os contratos da gasolina para entrega em janeiro subiram US$ 0,03, para US$ 0,8745 o galão (3,78 litros), ao passo que os do gasóleo de calefação para o mesmo mês ficaram US$ 0,04 mais caros e encerraram o dia negociados a US$ 1,2858 o galão.

Quanto ao gás natural, os contratos também para janeiro subiram US$ 0,31, para US$ 6,13 por mil pés cúbicos.

A alta do WTI coincidiu com o terceiro dia consecutivo de bombardeios israelenses sobre posições do Hamas na Faixa de Gaza, de onde, nos últimos dias, centenas de foguetes foram lançados por milicianos contra localidades israelenses próximas.

O aumento da violência no Oriente Médio faz aumentar nos mercados a preocupação com uma possível interrupção no fornecimento do petróleo produzido na região.

Outro fator que contribuiu para a alta do petróleo Texas foi a desvalorização da moeda americana frente ao euro e a outras divisas, o que tende a estimular as compras da commodity e de outras matérias-primas negociadas em dólar. EFE vm/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.