Nova York - Os contratos para outubro do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve), os de referência nos Estados Unidos, fecharam hoje com uma alta de US$ 6,67 (6,8%) em Nova York, cotados a US$ 104,55 o barril (159 litros).

Já os contratos da gasolina para outubro encerraram o dia negociados a US$ 2,5997 o galão (3,78 litros), depois de terem caído US$ 0,10.

Por sua vez, os contratos do gasóleo de calefação para o mesmo mês subiram US$ 0,11, para US$ 2,8978 o galão.

Quanto ao gás natural, os contratos para outubro caíram aproximadamente US$ 0,09, para US$ 7,53 por mil pés cúbicos.

A alta do WTI nesta sexta-feira esteve relacionada à desvalorização do dólar frente ao euro e a outras divisas, o que costuma favorecer o aumento do preço do petróleo e dos combustíveis.

Outro fator que contribuiu para o encarecimento da commodity foi a melhora da situação em Wall Street e nos mercados mundiais, o que fez aumentar as expectativas de que atividade econômica não vai desacelerar tanto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.