Nova York, 2 set (EFE).- Os contratos para outubro do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve), os de referência nos Estados Unidos, fecharam hoje com uma queda de US$ 5,75 (5%), cotados a US$ 109,71 o barril (159 litros).

Já os contratos da gasolina para o mesmo mês encerraram o dia negociados a US$ 2,7337 o galão (3,78 litros), depois de terem caído US$ 0,12.

Por sua vez, os contratos do gasóleo de calefação também para outubro caíram aproximadamente US$ 0,11, para US$ 3,0736 o galão.

Quanto ao gás natural, os contratos para outubro recuaram US$ 0,68, para US$ 7,26 por mil pés cúbicos.

De acordo com o último relatório do Serviço de Gestão de Minerais (MMS, em inglês) dos EUA, divulgado hoje, 100% da produção petrolífera e 95,4% da de gás natural se encontram suspensas no Golfo do México.

Apesar disso, os preços do petróleo e dos combustíveis caíram, devido à impressão de que o "Gustav", que atingiu o estado americano da Louisiana na segunda-feira, não causaou tantos estregos como o esperado.

A queda do preço do petróleo também coincidiu, mais uma vez, com a valorização do dólar, que encarece as compras da commodity e de outras matérias-primas negociadas com essa divisa nos mercados internacionais. EFE vm/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.