Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petróleo volta a cair, mas preço do barril fecha acima de US$ 50

SÃO PAULO - Os contratos futuros de petróleo fecharam o pregão desta quinta-feira com baixa relevante, devolvendo boa parte da recuperação registrada ontem. Conforme alguns analistas já previam ontem, a euforia gerada pelo socorro ao Citigroup não seria suficiente para sustentar uma recuperação de preços da commodity.

Valor Online |

Além de realização de ganhos de curto prazo, as expectativas de novo aumento de estoques de cru nos EUA também deram suporte ao movimento.

O contrato de WTI negociado em Nova York para o mês de janeiro de 2009 fechou a US$ 50,77, com queda de US$ 3,73. O vencimento para o mês seguinte caiu US$ 3,61, para US$ 52,01. Em Londres, o barril de Brent para janeiro caiu US$ 3,58, para US$ 50,35. O contrato para fevereiro terminou vendido a US$ 52,33, com desvalorização de US$ 3,31.

As preocupações com a tendência declinante da demanda no mundo todo voltou a prevalecer nesta jornada. Conforme dado revisado divulgado hoje, o Produto Interno Bruto dos Estados Unidos se retraiu 0,5% em termos anualizados no terceiro trimestre, variação pior do que os 0,3% de baixa apurados na primeira divulgação, feita há um mês.

A avaliação dos agentes é de que a revisão trouxe os investidores de volta para a realidade, que mostra recessão e redução da demanda do principal consumidor de energia do mundo.

As expectativas em relação aos dados de estoques que serão divulgados amanhã pelo Departamento de Energia dos EUA também contribuíram para o desempenho dos preços hoje. O mercado espera que no levantamento desta semana haja ligeiro aumento dos estoques de cru.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG