Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petróleo tem alta e recupera marca de US$ 90 em NY

SÃO PAULO - Em uma sessão de altos e baixos, os contratos futuros de petróleo fecharam com leve alta hoje, marcando o primeiro dia de avanço em cinco sessões. Apesar da continuada preocupação com o nível de demanda global por combustíveis, os agentes avaliaram notícias dando conta de que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) poderá reduzir sua produção.

Valor Online |

O contrato de WTI negociado para o próximo mês de Nova York fechou valendo US$ 90,06, com alta de US$ 2,25. O contrato para dezembro avançou US$ 2,00, para US$ 88,71. Em Londres, o barril de Brent para novembro fechou valendo US$ 84,66, com valorização de US$ 0,98. O vencimento para o mês seguinte subiu US$ 0,85, para US$ 85,92.

No fim de semana, o ministro iraniano do Petróleo, Gholam Hossien Nozari, pediu que os integrantes do cartel não bombeiem muito petróleo a fim de manter os preços acima de US$ 100.

Os agentes consideraram ainda outras informações sobre Irã. Agências de notícias reportaram que um avião ocidental teria violado o espaço aéreo do país no domingo e teria sido obrigado a pousar. No dia seguinte, após interrogatório dos passageiros, o avião teria seguido para o Afeganistão.

Outro fator que influenciou os negócios foi a ligeira recuperação do euro contra o dólar. Quando o dólar sobe ante outras moedas internacionais, como ocorreu nos últimos dias, a tendência é de que a cotação do petróleo, que é referenciada na moeda norte-americana, diminua. O mesmo vale no sentido contrário.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG