Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petróleo sobe, recuperando parte das perdas de ontem

Os contratos futuros de petróleo, negociados no mercado internacional, operam em alta hoje, em um momento de pausa após a queda livre registrada ontem, quando a matéria-prima (commodity) caiu cerca de 10% tanto em Londres quanto em Nova York. De modo geral, a commodity segue os mercados financeiros globais, que ensaiam recuperação hoje.

Agência Estado |

"O petróleo verá o que o que vai acontecer em Wall Street hoje", disse o diretor de mercados de óleo da Energy Security, Rick Mueller. "As preocupações com a economia ainda estão aí, e não deverão se dissipar". Mueller duvida que o contrato conseguirá ultrapassar a marca de US$ 100 o barril sem um novo plano de resgate do governo dos Estados Unidos que substitua o que foi rejeitado ontem.

A inversão da direção do mercado de petróleo - na semana passada os contratos estavam próximos de US$ 110 o barril - marca a retomada de uma longa trajetória de baixa iniciada em julho. As preocupações com a demanda fraca têm dominado as operações desde que os futuros atingiram o recorde de US$ 147,27 o barril durante sessão do dia 11 de julho. Nesse período, a queda foi interrompida apenas pelo impacto dos furacões na infra-estrutura petrolífera da Costa do Golfo e pelas quedas de estoques.

Por volta das 11h10 (de Brasília), o contrato futuro do petróleo tipo WTI com vencimento em novembro subia 2,13%, a US$ 98,42 o barril, na sessão eletrônica da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês). Em Londres, o contrato futuro do petróleo tipo Brent com mesmo vencimento avançava 2,40% a US$ 96,30 o barril. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG